AME e Projeto Alegria orientam pacientes de forma lúdica

Em alusão ao Dia Mundial de Higienização das Mãos (comemorado em 05 de maio), o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Bauru, unidade estadual sob gestão da Famesp, promoverá uma ação educativa e lúdica nesta quarta-feira, 15, das 8h às 9h, numa interação entre voluntários do Projeto Alegria, equipes de Enfermagem e Assistência Social do ambulatório e pacientes da sala de espera. Nesta semana, o tema também foi abordado pela equipe do AME Tupã (foto), com treinamento que envolveu palestras e ações educativas e lúdicas. [LEIA MAIS]

Famesp recebe doação de 130 litros de leite

Arrecadação feita por grupo de Airsoft será destinada a Casas de Apoio que acolhem pacientes em tratamento no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) e seus acompanhantes. [LEIA MAIS]

Epidemia de dengue já atinge mais de 10 mil em Bauru

Com mais de 10 mil casos e 12 mortes, Bauru (SP) já tem a maior epidemia de dengue da história. E o tipo mais comum nesta epidemia é o 2. Para esclarecer dúvidas pontuais sobre tipos e formas de prevenção, conversamos com a médica infectologista Geovana Momo Nogueira de Lima, da equipe do Hospital de Base de Bauru, unidade sob gestão da Famesp. [ACOMPANHE]

Hospital Dia Aids recebe reforço na equipe médica

Data: 8/10/2017 Veículo: Notícias Botucatu

Experiência a favor da Famesp

Pasqual Barretti, atual diretor da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB-Unesp) e ex-presidente da Famesp, pontua, em vídeo exclusivo, momentos marcantes na história recente da Fundação como Organização Social de Saúde. Leia também sobre seu legado na última gestão e o agradecimento que ele registrou quando deixou a presidência da Famesp para assumir a diretoria da FMB, em julho de 2015.

Não consigo ver o Hospital sem a presença da Famesp

Em entrevista, o atual superintendente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu - HCFMB-Unesp, Emílio Curcelli pontua sobre a atuação da Famesp no passado e no presente. [Leia mais]

'Fiquei encantado com a possibilidade de criar a Famesp' (Domingos Alves Meira)

"Minha proposta de criação de uma fundação do terceiro setor não foi bem compreendida no começo. Até meu enterro fizeram...", relata o professor doutor Domingos Alves Meira, em entrevista ao jornalista Leandro Rocha, no ano de 2012. [Confira]

O guardador de memórias

Fúlvio José Chiaradia é um contador que trabalha desde os 17 anos. Hoje, aos 85 anos, ele abre seus arquivos para contar histórias sobre a Unesp, a Faculdade de Medicina, o Hospital das Clínicas e, especialmente, sobre o nascimento da Famesp. [Confira]